quinta-feira, 9 de abril de 2009

O Imperador

"Não lembro, tava bêbado"

Devo admitir que eu senti inveja das gueys são paulinas quando o Adriano foi pra lá, achei bafo Marco Aurélio Cunha, o anão rosa-shock, dizendo "que ele precisava de carinho", achei bonito ele todo menino humilde jogando contra os times do interior, e amei a propaganda dele pra Nike.


Sem falar no diálogo que não sai da minha memória entre Milton Itaipu e Renata Fan:

- Renata, qual o jogador mais bonito da Seleção?
- O Adriano.
- Ahhhh, a Renata gosta de ver a coisa preta!
- Ai Milton, pára, meus pais assistem o programa...

 Adriano dá bafão, faz alocka, caga no maiô,  mas e daí? Eu não consigo desgostar dele, não consigo falar "esse eu não queria nem pintado de ouro no meu time". Mesmo virado na porra, fugido, fazendo a Amy, eu queria ele no meu time.

3 Comentários:

Negão da Arquibancada disse...

E não se esqueça que ele é carioca.
E carioca gosta de...

Matheus disse...

É uma pena um jogador se perder no mundo do alcool e das drogas.Tomare que o cara se recupere e volte a jogar bola.

@TutorUnopar disse...

Vou te falar viu!!! Com o dinheiro que o cidadão tem será que não dava pra arrumar umas quengas mais ajeitadas não?

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO