quinta-feira, 23 de abril de 2009

Que livro você é?

Hoje é dia do livro. É...livro, filhote, aquele com capa, contracapa e um miolo cheio de letrinhas dentro. Tem gente que nunca chegou perto de um, seja por falta de oportunidade, seja por falta de vergonha na cara.

Eu não vivo sem ler, faz parte do meu dia a dia, como comer e tomar banho. Toda leitura é válida, crianças do Brasil, revista, jornal, blogs, livros, gibis, rótulo de shampoo e lista telefônica.

Quer descobrir que livro nacional é você? Faça o teste

Meu resultado?


"Memórias póstumas de Brás Cubas", de Machado de Assis
Ok, você não é exatamente uma pessoa fácil e otimista, mas muita gente te adora. É possível, aliás, que você marque a história de sua família, de seu bairro... Quem sabe até de sua cidade? Afinal, você consegue ser inteligente e perspicaz, mas nem por isso virar as costas para a popularidade - um talento raro. Claro que esse cinismo ácido que você teima em destilar afasta alguns, e os mais jovens nem sempre conseguem entendê-lo. Mas nada que seu carisma natural e dinamismo não compensem.
"Memórias póstumas de Brás Cubas" (1881) é considerado o divisor de águas entre os movimentos Romântico e Realista. Uma das expressões da genialidade de Machado de Assis (e de sua refinada ironia), há décadas tem sido leitura obrigatória na maior parte das escolas e costuma agradar aos alunos adolescentes. Já inspirou filme e peças de teatro. É, portanto, um caso de clássico capaz de conquistar leitores variados. Proezas de Machado.

Sabe o que é mais irônico, eu odeio Machado de Assis. Mas não consigo pensar num livro melhor pra mim. ;)

via: Nathy

3 Comentários:

Patrícia Coelho disse...

"Claro que esse cinismo ácido que você teima em destilar afasta alguns, e os mais jovens nem sempre conseguem entendê-lo..."

O meu resultado foi o mesmo que o seu. Vou tantar responder de outro jeito agora para descobrir quais são os outros livros :)

Patrícia Coelho disse...

ops, *tentar... "tantar" é do verbo ficar tantã (okay, péssima piada)

Doutor Radioativo disse...

Também detesto as obras de Machado de Assis...engraçado.!

Meu resultado:

"Você é... "Carmen – Uma biografia", de Ruy Castro

Boa história é com você mesmo. Adora ouvir, contar, recontar. As de pessoas interessantes e revolucionárias são as suas preferidas. Tem gente que liga para você só para saber das últimas fofocas. E confesse: com seu jeitinho manso e detalhista, você dá aos fatos um sabor todo especial. Além disso, não se contenta em reproduzir o que já foi dito. Por isso, se fosse um livro, você só poderia ser uma boa biografia, daquelas que faz os leitores deitarem na rede do fim de semana e se entregarem às peripécias de uma grande personagem. Aliás, você já pensou na profissão de repórter? Ou de escritor?
"Carmen – Uma Biografia" (2005), sobre Carmen Miranda, é uma das aclamadas biografias publicadas por Ruy Castro, também jornalista e tradutor, considerado um dos maiores biógrafos brasileiros. "

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO