terça-feira, 2 de junho de 2009

O Homem Ideal

 
O título dessa postagem é uma farsa. Não existe homem ideal, nem mulher. Não existe ser humano ideal. Fato. Todo mundo é feito de erros e acertos, defeitos e qualidades.

Cabe a você, amiga desiludida com a machaiada, aprender isso. Não existe isso de príncipe encantado. Existe príncipe. Ponto. Já é uma grande coisa pra fazer a Grace Kelly, toda trabalhada na fineza real. Mas mesmo com sangue azul, certeza que o gato tem defeitos. Esquece datas, deixa a toalha molhada em cima da cama e conta uma mentirinha de vez em quando.

É certo que, para mim, que já percebi faz tempo que idealizar homem é PURA perda de tempo, pelo menos uma característica é essencial no macho da espécie. Homem tem que ser...homem. Sim, queridos, vivemos em épocas diferentes, onde o papel de mulher e homem já não tem muita diferença.

É no saber ser homem que a gente separa os meninos dos...HOMENS. Parece redundante, mas não é. Analisemos: homens são fisicamente mais fortes, mais resistentes e mais rápidos, são fabricados para serem predadores, caçadores e para cuidar de você, menina bonita.

Quando eu digo cuidar, não quero dizer sustentar, abrir o vidro de picles, trocar a lâmpada ou o pneu. Até por que, quero crer, que hoje em dia QUALQUER linda consiga fazer isso tudo. Sim, queridos, eu sei trocar pneu graças ao carro macumbado da minha prima, que cumpriu a incrível façanha de furar três diferentes pneus em menos de duas semanas. Duas dessas vezes na praia, o que rendeu a cena surreal de quatro meninas de biquíni trocando pneu na estrada entre Arraial do Cabo e Cabo Frio, e dispensando ajuda de todo carro que passava e parava.

O "cuidar" que eu digo são pequenas coisitchas, como trocar de lugar com a moça na calçada pra ela andar do lado de dentro, chegar em algum lugar e passar a mão na cintura dela, mostrando pra todo mundo ali que a gatinha tem dono, abrir a porta do carro. Sim, lindezas da tia, ser cavalheiro nada mais é do que saber cuidar da sua pequena.

Sabe aquela velha máxima que o que todo homem procura é uma dama na sala e uma puta no quarto? Vale pra cuecada também. Fato que o homem que sabe ir de cavalheiro a cavalo é altamente gerador de água, ênfase na palavra SABE, afinal a arte é para poucos, infelizmente.

Leitores fofos, a arte de ser um cavalo na cama exige treinamento duro, é uma arte milenar e precisa desenvolvida pelos Cavaleiros Tchecos do Monte Sněžka. Mas eu conversei com Kryštof, um truta tcheco e ele me deu dicas valiosas para passar pra vocês, gatinhos.


 Toda matilha precisa de um macho alfa. Assim como toda mulher.

1. Você é o macho alfa, logo você manda.

Uma vez, eu estava observando um rapaz ajeitado. Ele estava com a namorada/mulher/cacho, mas enfim, olhar não tira pedaço. O cara estava comprando alguma coisa e ao se dirigir ao caixa, pediu a carteira dele pra moça, que a tirou de dentro da bolsa, abriu e deu o dinheiro pra ele.

Broxei na hora.

Amor, a carteira é sua, o dinheiro é seu. Parem com essa mania ESCROTA de deixar sua mulher carregar a carteira na bolsa dela. O bolso de trás da sua calça ou o de dentro do seu paletó foram enviados pelo Papai do Céu para que você exerça sua masculinidade.

Dê o controle a uma mulher e você nunca mais exercerá seus direitos de macho alfa. Fato.

O exemplo da carteira é bobo, corriqueiro, mas é verdade, é assim que começa. Primeiro a carteira sob controle dela, depois a mesa de centro da sua sala tem paninhos, depois você vai ter que comer todo tipo de verduras e legumes que ela achar que deve.

Parabéns, você acaba de ganhar uma segunda mãe! E a menos que você tenha taras esquisitas, ninguém quer foder a própria mãe. Quando você dá o poder a mulher nessas coisinhas bobas, você atiça o instinto maternal dela e fica sem sexo selvagem pro resto da vida.


 Já pensou se a mulher conduzisse no tango, que #fail seria?!


2. Você é o macho alfa, logo você conduz

Sexo é como na dança, o homem deve conduzir. Não estou dizendo que a mulher vai ficar paradinha lá aguardando as diretrizes, por que pra isso basta uma boneca inflável. Mas saber conduzir é parte essencial da arte dos Cavaleiros Tchecos.

Conduzir inclui mandar. Sim, queridos, dar ordens. Não é pedir por favor. Nem com jeitinho. MANDAR.

"Me chupa, por favor?" - Pego minhas coisas e vou embora.

"Me chupa!" - Eu fico e cumpro a ordem.

Notaram a diferença? Ninguém quer dar pro operador de tráfego da CET, mas saber abrir a boca e dar ordens em momentos cruciais faz toda a diferença. TODA!

Pega meeeermo.

3. Você é o macho alfa, logo você é mais forte

Fisicamente mais forte, como eu já disse. Você pode ser um cagão que não aguenta um cortezinho no dedo, mas por favor, guarde isso pra você. Na cama, faça valher sua superioridade física e pegue com força, não se importe se a coxa da bunita vai ficar roxa no dia seguinte. Encare as marquinhas como um troféu, uma lembrança pra ela passar o resto do dia seguinte suspirando.

Puxar cabelo (de leve, animal, não vai arrancar tufo da cabeça da menina), jogar na cama, rasgar a roupa (é bom assuntar antes pra ver se a mina não vai virar no capeta por você ter rasgado algo muito caro) e dar uns tapinhas (TAPINHAS, queridos, não é pra descer o sarrafo na mulher) vai mostrar a ela quem é que está no comando ali.


Fazer sorrir é a chave do sucesso.

4. Você é o macho alfa, logo pra sorrir, tem que fazer sorrir.

Não adianta você mandar, conduzir, agarrar e depois ser aquele #fail sexual que todas nós já conhecemos um dia. Ser um cavalo na cama não é ser egoísta, fazer o que tem que fazer, se satisfazer e virar pro lado.

O homem que domina a técnica da cavalice é sempre muito seguro de suas habilidades. Macaco velho, esperto, que tem certeza que se deixar a moça no ponto, ela libera TUDO. Não vai precisar ficar mendigando uma posição mais arriscada, nem um boquetinho com direito a gozar na boca, nem o tão sonhado furico.

Vale a máxima: "água morro abaixo, fogo morro acima e mulher querendo dar, ninguém segura". Fez sorrir, amigo? Certeza que vão lhe fazer sorrir de orelha a orelha em retribuição.

Quatro passinhos básicos e simples, tirados exclusivamente do Manual para o Homem Cavalo dos Cavaleiros Tchecos do Monte Sněžka. Para você fazer valer sua posição de macho alfa.

17 Comentários:

Etevaldo disse...

hum...destas coisas aí que descreves sobre o macho alfa, só não deixo toalha molhada em cima da cama e as vezes ainda confio minha grana suada para a mulher que está comigo.

de resto vale tudo, só não vale dar o cu, como disse aquele jogador do Cruzeiro para a rádio católica no Mineirão.

Mas também tem o outro lado da moeda. Tá cheio de mulher-chuchu por aí, é até bonita, "gostosa" para se comer com os óio, mas na cama parece a tal boneca inflável.

Mulher tem que ser gostosa na ponta da lingua mesmo! chegar junto, mesmo que o macho comande. senão serão tão esquecidas assim que uma nova aparecer.

pensarei sobre estas mulheres...


e o batom, vermelho...aconteceu ou não?

Johnny Rox disse...

Você é uma submissa com personalidade.

Thiago Panza Guerson disse...

Eu gosto de toalhinha na mesa de centro. rsrsrs

Johnny Rox disse...

Pensando bem... eu tenho vivido uma relação incestuosa com a minha mulher.

virtualz1.com disse...

É isso ai Jenny, falou tudo, meus amigos que sempre se acharam os machões pegadores, são um molengues, falam, falam e só mostram o quanto são broxas, essa sexta lá no Hopi Hari, saimos em 10 (Parque de Diversões Ok?), e a noite que era quando iria ter o Hopi Night (Balada no Park), combinamos de "Passar o Carro mesmo!!!", e adivinha quem foram os únicos que realmente fizeram bons serviços?, eu e outro amigo que nem converso tanto, nós que somos os "minerinhos", que ficamos quietos a tarde inteira e ñ falamos que iriamos "Passar o Carro" (carro e ñ rodo!), pegamos geral, como direito a ñ precisar falar nem um "A" (É eu sou Phoda mesmo!), já outros chegaram até a pedir "por Favor" para as meninas... BROCHANTE E HILARIANTE!...

E tem mais, eles realmente tem essa mania de deixar as coias com as mulheres, pô, a carteira é minha vai andar comigo, se ñ gosto, continue ñ gostando, mas é assim que vai ser...

--
AndersonZ1.

Jenny Taylor disse...

Ete, gato, o batom vermelho está em fase de adaptação.

Thiago, vc gostar de paninhos é uma coisa. Te-los por q sua mulher assim o quis é outra.

Johnny, paixão, a mulher que não sabe se submeter ao macho alfa é infeliz.

Qto a sua relação incestuosa, cabe a vc a tarefa de tirar da cartola o macho alfa adormecido e mostrar quem manda de verdade.

Recomendo que vc a pegue desprevinida hj mesmo, enqto ela estiver fazendo uma coisa qq e nem precisa tirar a roupa, baixe as calças e enqto ela ainda estiver atordoada, lembre-a quem é o chefe.

Lembre-se sempre, é preciso rosnar pra fazer a gatinha miar.

Johnny Rox disse...

Hoje não vai dar, tia Jenny. Doei 450 ml de sangue. A cama é o lugar onde somos mais felizes. Entre quatro paredes eu sou Macho Ultimate Professional Plus(R).

A parte mais broxa da minha vida é realmente a carteira. No dia em que eu responder por mais de 50% da renda familiar, ela me prometeu me fazer sorrir de orelha a orelha. E eu vou cobrar. Com juros.

Até lá, Kosher sex.

Fernanda S. disse...

Eu sou o macho alfa.

Jenny Taylor disse...

Johnny, querido, sim, é dificil para o macho alfa nessa situação.

Mas sua mulher ganhar mais q vc não é desculpa para não te fazer sorrir de orelha a orelha, AINDA MAIS se vc é o Macho Ultimate Profissional Plus(R)

A menos q ela goste de discutir as contas do mês na cama, o q acredito não ser a verdade.

IMHO

Fernanda, vc não é o primeiro caso de macho alfa do sexo feminino q conheço.

Sim, várias mulheres assumem essa posição. Mas é um perigo qdo elas se juntam com outro macho alfa do sexo masculino. É um BAPHO só! lol

j. noronha disse...

Muito bom, mas acrescento, por experiência própria, que algumas mulheres gostam de algo mais que um tapinha, cinto de couro, por exemplo =) .

Claro que é algo que se descobre com o tempo, que ninguém saia chicoteando por aí.

@TutorUnopar disse...

Não entendo patavinas do que vocês estão falando, mas pagaria caro e muito caro para ver a cena surreal das 4 garotas de biquini trocando pneu na estrada entre Arraial do Cabo e Cabo Frio.

Johnny Rox disse...

Putz, agora tu me deixou com a pulga atrás da orelha. Talvez eu esteja sendo um macho Released Candidate, e não Professional Plus(R).

Pois não me faço de rogado em fazê-la sorrir de orelha a orelha, de múltiplas maneiras, sem "nojinho" algum. Está faltando uma certa recíproca. Eu tenho me resignado, creditando isso ao cansaço do dia-a-dia e a uma resistência de ordem moral e religiosa, mas agora vou estudar uma nova abordagem. Acho que o problema é o ambiente. Filho dormindo no quarto ao lado, a janela da vizinha a menos de 5 metros de distância..

Motel! Isso! Motel e vinho.

Jenny Taylor disse...

Johnny, amor, eu diria que a janela da vizinha a menos de 5 metros é um PLUS :P

Encaminhe o filhote para a avó mais próxima por um final de semana e mate sua vizinha de inveja.

FiliPêra disse...

Só agora, no sossego da madrugada, consegui ler ao seu merecidamente hypado post (homem que é homem agora tem que dizer: me emcaixo no post do Homem Ideal, da Jenny).

Perfeito! Já tinha ouvido secretamente mulheres confessando isso, embora muitas não admitam. Ainda não sou um legítimo Tcheco, mas em breve darei aulas para eles!

Anônimo disse...

vc merece o premio.. parabéns pela submissao assumida, mas dizer q sem ela outras mulheres nao sao felizes e demais até pra vc e sua limitada opinião... isso levando em conta q vc está escrevendo apenas para H e M heterossexuais.. via de regra sua opinião me fez deletar seu link da minha vida..
aproveite sua submissao e seja feliz, mas no generalize-a :) assim como vc só é feliz assim, existem pessoas q só sao sendo diferentes disso q escreveu..

Ana Recalde disse...

Pq todo comentário negativo ou bobo é sempre anónimo? Criticar algo é tão dificil assim?
Vem aqui a Jenny, fala oq pensa, mas alguém vem aqui e se esconde pra falar sua opinião... sinceramente acho bem idiota... mas enfim...

Só o fato de não querermos domesticar nossos homens não que dizer que somos submissas... ah, fala sério! Quem aí quer um homem cachorrinho ou sem pegada?

Que fiquem com esses homens pra vcs anônimas pq eu falo por mim... ;)

Roberta disse...

Concordo com a Ana e acho bem babaca, não se identificar só pq tem opinião contrária a maioria. E daí? Pq isso assim, meio raivoso? Medo da resposta da Jenny? Enfim...
Querida Jenny; concordo em gênero, número e grau com suas opiniões. Em alguns momentos, vc parecia um alter ego meu, pondo em palavras meus pensamentos, tal a identificação!
A 3 anos tive a experiência incomparável de ter um verdadeiro macho-alfa em minha vida.
As pegadas variavam de fortes à firmes. O olhar firme e poderoso dele, enquanto fazíamos amor, carinhosamente; tb estavam presentes qd ele me pegava desprevenida e trepávamos em pé no meio da sala num sábado à tarde!
É só deles essa característica!
Como sou uma fêmea-alfa, sempre achei muito aquém meus parceiros anteriores.Tinha q mostrá-los como agir comigo. Cansativo e broxante!
Esse veio na medida dos meus sonhos.Mas como todo Alfa tem várias fêmeas, mostrei q o Meu Alfa, teria q ter só a mim.Eu basto pra ele!
Hj lembro ainda, com calores e aceleração cardíaca, dos nossos momentos juntos.

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO