sexta-feira, 24 de julho de 2009

Futebol, Sanduíche de Pernil e o Amor



Acontece, gatas do meu Brasil varonil, você odeia futebol, acha uma imbecilidade um monte de homem correndo atrás da bola e mais imbecilidade ainda um monte de homem suado pulando feito macaco na arquibancada.

Não entende por que seu gatinho lhe larga no domingo a tarde para ir pra pelada. Aliás, você fica pelada, se ele mandar. Por que te trocar então pela bola?

Não vou explicar como funciona a paixão pelo futebol e nem como funciona a cabeça e o coração do boleiro e/ou torcedor fanático, por que NÃO TEM COMO, sério, transcende as explicações racionais. Mas se você, mulher, que não aguenta mesmo o esporte bretão, não entende, não quer entender e tem raiva de quem entende, tem um homem pra chamar de seu e quer conviver em harmonia com a outra paixão dele, vale alguns esforços.




1. O Futebol é Seu Amigo

Pare de encarar o esporte como seu inimigo mortal. Ele pode ser parceiro em momentos que você jamais desconfiou. Use-o a seu favor.

É sexta-feira a noite, o time do seu namorado/marido/cacho está jogando a vida pela Série B. O moço está uma pilha com a possibilidade de amargar uma Série C ano que vem (né, gentemmmm, sempre tem um torcedor do Juventude por aí :P ). Ele sentou mudo no sofá, balança as pernas e estala os dedos. Olhe para a criatura aflita, vire as costas, se troque, e saia. Vá enfiar o pé na jaca com as amigues, ele nem vai perceber que você sumiu e só voltou de manhã cedo.

A aflição do futebol faz com que ele não enxergue mais nada, nem um par de corno.

É quarta a noite, o time do seu namorado/marido/cacho está jogando a vida pela Libertadores. Todo mundo aponta-o como favorito, o time está confiante, o gato está confiante, canta e balança a lata de cerveja. Deixe a criatura ser feliz por 90 minutos. Vá tomar banho, aháze no visual, fique linda, cheirosa, gostosa, escolha bem a lingerie, abra o armário dele e procure pela camisa do time.

"E aí, campeão, vamos comemorar?"

O futebol pode salvar uma noite #fail de quarta-feira.


 

2. Saber Calar é uma Virtude

Mulher não sabe a hora de calar a boca, sério. Não sabe. Em momentos corriqueiros, o homem, com sua incrível habilidade de filtrar somente o necessário, releva. Mas em momentos tensos, como final de campeonato, nem o mais cristão dos machos, aguenta.

Durante o jogo, fale somente o necessário. Tipo: "lindo, a cozinha está pegando fogo, quer que salve sua caneca do Flamengo?". Após o jogo, em caso de derrota, melhor não falar absolutamente nada, salve a caneca e um pacote de Miojo em caso de dúvidas. Após o jogo, em caso de vitória, espere ele terminar de gritar com o vizinho vascaíno e então pergunte.




3. Sendo Truta

Estádios de futebol são coisas grandes, redondas e que vez ou outra você avista da janela do carro. Na sua cabeça são lugares imundos, que fedem a suor, e que abrigam milhares de homens lobotomizados algumas vezes durante o mês.

Mas, vamos pensar juntinhas? Quando você quer ir ao shopping comprar aquela calça jeans perfeita, AQUELA, que você leva quatro horas para escolher, entra 738 vezes no provador, e pergunta 738 vezes pro moço se ficou boa, e todas ele responde "tá linda, amor"...ele vai, né?! Vai, espera, é paciente, sorri, e no final ainda te leva pra comer uma saladinha escrota e escuta você contando como a oitava calça que você experimentou deixou sua bunda meio achatada.

Pois é, gatammm, vamos circular numa via de duas mãos? Vamos abrir um sorriso lindo quando ele perguntar se você não quer acompanhá-lo ao estádio? Vamos esquecer da dieta quando ele te oferecer um sanduíche de pernil e uma cerveja na barraquinha da entrada? Vamos dar alguns pulinhos quando o time dele fizer gol e ele te abraçar como se não houvesse amanhã?

Dar e receber. A chave para o relacionamento de sucesso.





4. Nem Toda Pelada é Capa da Playboy

Toda quinta, religiosamente, ele vai jogar bola com os amigos. E toda quinta, religiosamente, você reclama ou fica desconfiada.

Primeiro, ele tem direito a ter um momento só dele. Vocês não nasceram grudados...Ou nasceram? Quando ele vai soltar um barro no banheiro, você reclama? Fica desconfiada? Quer ir junto? Não, né ¬¬ Então deixa o homem ir bater a bolinha dele com os trutas.

Não se oferece pra ir junto, espere ele convidar. Mas já vou avisando, pra quem não gosta de futebol é chato pra caraleo, geralmente é um jogo feio, você vai ficar lá com cara de bosta olhando um monte de nego perna de pau chutando canela.

Aproveite o tempo para você, lindeza. Vai passear, vai no cinema com a BFF, vai na manicure, vai pro inferno, mas não vai ficar ligando pro bofe a cada 10 minutos. Ele está jogando bola, não tá comendo a vizinha.

Saber ceder e respeitar o gosto alheio é uma arte. Saber respeitar a paixão do seu lindo pelo futebol (ou qualquer outra coisa que ele goste muito de fazer) pode salvar seu relacionamento. Acredite!

11 Comentários:

Zé da Fiel (não chorei quando meu time caiu, marejou, mas não chorei) disse...

OBRIGADO, OBRIGAGO, OBRIGADO...

Finalmente uma mulher de bom senso que entende que futebol é a mesma coisa que passar duas horas no telefone, falando bobagens e, ou metendo o pau nos conhecidos.

PS: não gostei e não concordo com o nº1, por que nessa hora a conjuge não poderia fazer uma massagem no companheiro, em silencio fazendo cara de compreesiva, depois com sorte ele pode descarregar toda a raiva e frustração na cama.

ah, não ser que o cara seja um chorão..ai tem de se fuder mesmo

Jenny Taylor disse...

"depois com sorte ele pode descarregar toda a raiva e frustração na cama."

Assim tu me quebra, Zé...

Harley Coqueiro disse...

Jeninha,

Com essa tua sensibilidade futebolística, se tu ainda permanecerdes solteira é porque não queres saber de macho!

A mulher perfeita teria de:
1 - ser muda;
2 - "fuckar" a hora em que a gente quisessse;
3 - gostar de futebol como tu!

Juliana Barcelos (Jubs ) disse...

Exatamente isso, exatamente...

E o Zé é engraçaaaaad... rs*

Jenny Taylor disse...

Harley, paixão, ser solteira é uma opção, prefiro, mas fácil de evitar a fadiga, e mais simples pra variar o cardápio.

Não sou muda, mas se fosse não poderia discutir a rodada com vc. :P

Etevaldob disse...

Estamos falando em variação de cardápio? Supimba, feijão com arroz enjoa de vez enquando!

E sobre a postagem, perfeita! Quem sabe um dia a esmagadora maioria das mulheres não comece realmente a compreender como funciona a mente do macho dominante.

Somos tão simples de sermos entendidos que as vezes disconfio que aquela parte a menos de cérebro que as mulheres possuem é justamente a parte onde diz tudo sobre nós!

Parabéns Jenny...Agora só falta uma postagem explicando como funciona o futebol. Porque cansa ter de explicar para cada uma delas para onde tem que fazer gols, quem é o goleiro, o que aquele homem de amarelo "chegay" fáz com o apito na boca, etc, etc...

Bruno disse...

Olha no Olímpico Monumental tem mulher linda a rodo, é muita mulher bela, é dificil tu virar para os dois lados e não ver loiras meigas de olhos verdes ou azuis, ou morena fatais de olhos castanhos e cabelos negros, e não vão pensando que elas não entendem porra nenhuma e confudem impedimento com penalti, Juiz com Goleiro, que nada nos últimos anos houve uma explosão de mulheres adoradoras de futebol e muitas que tu vê por ai comentando futebol melhor que muito marmanjo (ouviu isso NETO "com seu sotaque chato") e da gosto de ver mulheres xingando o Juiz, gritano pro cara lançar ou mandando o adversário levantar porque ele é um #$%@$$$ de #$*&%, até la no aterro da beira do lago tem muita mulher, e acho que esse movimento não é restrito somente ao Sul, o Brasil ta assim. A mulherada hoje em dia diz o que quer fazer, quando fazer e não se sente na obrigação de dizer o porque vai fazer, são poucas as mulheres hoje em dia que comem mosca sobre esse velho dilema Futebol Vs Mulheres.

♥ Jennifer Cristina ♥ disse...

Agradeço muito ter nascido com o gene futebol em mim.
E meninas solteiras, pensem sempre que têm muitos gatinhos no Estádio. Juro.
Cariocas fiquem avisadas que torcidas do Fluminense e Vasco são as de maiores números de torcedores gatos. #ficaadica!

=*

Zé da Fiel disse...

Meu caro amigo, tu tens razão existe pouca coisa mais excitante que certas moças lindas falando palavrôes num estadio.
Mas Corinthians e são paulo tinha umalinda atrás de min, a primeira a xingar e apuxar o coro: VAI PRA CIMA DELAS TIMÃO, DA BICHARADA!
Já estava xavecando ela, quase tudo agitado prum chopp...ai minha mulher percebeu e eu tive que disfarçar

biscoito20 disse...

Odeio quando minha namorada inventa de falar alguma coisa relacionada a futebol depois que meu tricolor perde. Dá raiva mesmo...

Teilor disse...

Jenny mais uma vez salvando o saco masculino.

Teu blog deveria se tornar leitura obrigatória para mulheres.

Abaixo a 'Claudia e os 999 truques para enlouquecer seu homem na cama', leiam mais a Jenny garotas, que nós já ficamos mais que satisfeitos.

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO