quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Cachorrada Solta!




Quando eu digo "Sulamericana é a nossa cara", não tô mentindo. O Glorioso de General Severiano levou o Emeleca para dar uma voltinha no Engenhão.

E dessa vez consegui assistir ao jogo tranquilinha, já que com dez minutos de partida, o Fogão mostrou quem mandava ali e comandou o fudevouz. Acompanhado de 5000 apaixonados. Não passei nervoso e o Botafogo praticamente despacha mais um adversário da Sulamiranda, de forma muito mais fácil do que o Atlético-PR.

"Botafogo não encanta, mas bate o Emelec" - GloboEsporte.com

Não sei o seu time, mas o meu não é companhia de dança, grupo de balé ou Cirque du Soleil para "encantar". Ganhou, fez a parte dele, é o que interessa. 

Mesmo dominando a partida desde o início, o Fogão demorou para chegar ao primeiro gol, muito em parte graças a mania IRRITANTE e ESCROTA de André Lima de se jogar no chão, fazer teatro e tentar cavar pênalti. Fato é que se ele tivesse se ocupado exclusivamente de jogar bola, teria feito mais uns três gols, pelo menos.

Eu já me conformava com um primeiro tempo sem gols quando Gabriel cruzou para Renato brilhar muito no Botafogo e abrir o placar em cima de Elizaga, o goleiro gorducho do time equatoriano. 46'...é o Bota tá devolvendo todos aqueles gols nos finaizinhos de etapas que sofreu no primeiro turno do Brasileirão.

Time de volta para o tempo complementar, continuamos dominando a gringaiada que errava passes demais. Leandro, O Guerreiro correu por dois, três, e fez excelente partida. Jônatas que teve um bom primeiro tempo, decaiu de produção no segundo (parece que sentiu a coxa) e foi substituído por Fahel (CARALEO FAHEL...você foi o único que conseguiu me irritar) e Gabriel que tem lá sua bolinha nervosa, PRECISA pegar mais ritmo de jogo, por que é moleque e mesmo assim pena pra conseguir jogar uma partida inteira. Logo, também foi substituído por Alessandro (MEDO, PAVOR! Mas ele até que se comportou.). E antes que perguntem, sim, Castillo foi banco, mas Jefferson pouco trabalhou, podia ter feito o Marcão e tomado um cafézinho com certa tranquilidade.

Depois de ter desistido de arrumar uma penalidade máxima, André Lima fez o dele, aos 18' depois de um cruzamento perfeito de Juninho. Aliás, meu capitão tava PETÁCULO ontem. Jogou feito homem. Logo no começo bateu uma falta que se tivesse entrado, eu teria gozado LYTROS aqui.

Botafogo não deu show, por que quem dá show é stripper. Botafogo foi lá abrir uma vantagem pra poder viajar sossegado. E foi o que fez. Enfiem o showzinho no rabo. Eu quero é bolinha na rede!

E vamos com tudo para Guaiaquil dia 30!

Enquanto isso...

Algumas horinhas antes, um Fluminense mais aceso arrancou um empate importantíssimo com o Alianza lá na casa do adversário.

No mesmo horário o Inter de camisa dourada recebia o Universidad de Chile num Beira-Rio às moscas para um empate fraquinho. Enquanto Cruzeiro e Palmeiras faziam o jogo da noite pelo Brasileiro. Mesmo com a maior torcida do mundo a favor, a Raposa não segurou e perdeu de virada para o Verdão, com uma ajudinha providencial da arbitragem.

Muriçoca é líder. Vivam com isso!

6 Comentários:

Richard disse...

Pronto, já tem um time com cara de CAMPEÃO: Sorte, erro a favor, atacante iluminado e defesa cagada. #penta.

Zé da Fiel disse...

La vou ser Advogado do diabo de novo...
Cheguei a uma conclusão sobre esse negocio de encantar ou não.
Se o teu time tocar bem a bola, tiver um meio campo que saiba defender com raça e sangue-nos- zoio e ainda saber atacar com desenvoltura, mesnmo quando teu time for precionado tu vai ter a confiança que a tecnica vai vencer o impeto e a sorte de um time menos habilidoso.
Mas quando teu time é uma Meleca, e ganha na sorte, na raça, com Ratada, Pixotada, gol de canela ou penaty mandraque e, ou incopetencia do time adversario é logico que as pessoas vão adotar esse discurso pateta de o "importante é ganhar".
Culpa indireta de Tele Santana e direta de Parreira, Zagalo e Felipão...

(Ae, antes de tu esquentar a prexeca e falar palavrão eu não tô falando expecificamente do Botafogo, falou? Isso é pra todos os times que adotam esse expediente e argumentação imbecil)

Agora o mais importante e eu falei láááá atrás, o Estevãm tem de para de escalar time reserva, ele e todos os times brasileiros. Só um time é campeão brasileiro. Só um time é campeão da Copa do Brasil. Só um é campeão da Libertadores... e consequentemente se tu abre mão de uma competiçaõ pra se concentra em outra é mais facil tu ser desclassificado das Duas...então é melhor tentar ganhar as duas do que ficar nessa putaria. Pra quem não lembra ou não sabe, a Libertadores tava esquecida, os times brasileiros nem faziam muita força de participar ai o São Paulo ganhou duas vezs seguidas, dai o Gremio ganhou e dai o Cruzeiro e o Vasco e só ai pegou, agora todo mundo quer jogar essa porra. Antes todo mundo desdenhava da copa do Brasil e ai o Corinthians ganhou, o primeiro time paulista a ganhar e teve um monte de comentarios: "- o caminho mais curto pra libertadores" e ai a porra pegou tambem...

Vai Botafogo ganha essa Porra pra ano que vem o Cacalo sentir vontade de falar: "- esse titulo o Gremio precisa buscar, afinal apenas o Nacional de port alegre e o botafogo é que ganharam essa competição!"

Se o Bota for pra final da sulamiranda contra o Fluminense tu e o Vinicius vão ter que fazer o podcast direto do maracanã e do Engenhão um em cada jogo...e acho que em caso do Botafogo se sagrar campeão tu devia fazer uma promessa tipo invadir o campo e tentar da um comão no Capitão Juninho ou no Lucio Flavio ou no Castillo...quem tiver mais a mão, sei lá!

Jenny Taylor disse...

Sim, Zé, a Libertadores não era nem transmitida pela TV direito, ai virou objeto de desejo.

Eu só acho que o problema da Sulamericana é a posição dela no calendário em relaçao ao Brasileiro.

Mas o Bota está indo com força total desde o segundo jogo com o Patético.

biscoito20 disse...

Carai... Eu ía comentar qualquer coisa simples aqui, mas quando vi o comentário-book do Zé da Fiel, murchei.

Paulo Cezar Filho disse...

Já estou vendo um clássico vovô na semifinal da Sulamiranda...

O nível técnico é fraquíssimo. O Emeleca é um time bem mais ou menos. O Alianza Atlético é um time de pelada (pelada mesmo, daqueles que jogam no Aterro).

Essa competição tinha que ser paralela à Libertadores, na minha opinião. Como é na Zoropa.

Karlitus disse...

Parece unânime a bronca da mídia alvinegra sobre o cai-cai do André Lima e bizonhice do Fahel

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO