segunda-feira, 18 de maio de 2009

Histórias do Futebol - A Caravela Furada


O que seria do futebol sem Eurico, o Miranda? O nego não presta, safardana de pai e mãe, mas rendeu excelentes momentos dentro e fora de campo.

Um deles, em 1990, na final do Campeonato Carioca, onde uma vitória simples daria o título ao Glorioso de General Severiano. Mesmo com o resultado de 1 x 0 pro time da Estrela Solitária, alocka do Eurico batia o pé e exigia uma prorrogação que não aconteceu. Eurico valia-se de um cacete de regulamente todo cagado e alterado às pressas para favorecer o Bacalhau, mas não rolou...

O Fogo, legítimo campeão do ano dava sua volta olímpica com a taça, para ver depois os jogadores do Vasco, visivelmente constrangidos darem a mesma volta carregando uma caravela de madeira que foi catada na arquibancada. Por ordem de Eurico, o Miranda.

1 Comentário:

bolichodogremio disse...

Olha, ilustríssima Jenny, vindo de um ser que até morto ressucitou para permanecer no cargo de presidente do Vasco, eu espero qualquer coisa! Graças aos deuses do futebol este ser alienígine foi confinado na Area 51...por enquanto!

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO