quarta-feira, 25 de março de 2009

O esforço da Record


Tudo começou com aquela novela que era no morro, que eu esqueci o nome e muita gente gostou. Fez lá seu rebuliço e teve lá sua cota de elogios.

Aí a Record despirocou e colocou no ar Caminhos do Coração com plot de HQ e vibe de Heroes. Tanto fez lá seu sucesso, que eles emendaram uma "segunda temporada", Os Mutantes. Agora com roteiro muito mais intrínseco com direito a viagem ao centro da terra, alienígenas e toda sorte de coisas que encontramos nos quadrinhos e no sci-fi.

Depois põe no ar Chamas da Vida e A Lei e o Crime, o primeiro uma mistura de Third Watch e Brigada 49 (filme sobre bombeiros com John Travolta e Joaquin Phoenix), e o segundo um seriado claramente inspirado em NY Contra o Crime, Law & Order e tantos outros parecidos só que puxando para a realidade brasileira.

Agora já vi a chamada da próxima novela, Poder Paralelo, que tem mafiosos! Oi? Família Soprano?

A Record tem se esforçado para uma teledramaturgia diferente do que estamos acostumados aqui no Brasil. A gente cansa de ver essas produções nas mãos dos gringos, ou então de peixe muito grande como a HBO (Mandrake, Filhos do Carnaval e Alice). Há anos atrás, a Globo tentou coisas desse tipo como A Justiceira e Mulher, não deu certo por que o brasileiro ainda não havia incorporado essa mentalidade, pra ele só servia o formato tradicional nacional.

Agora que o formato americano faz parte do dia-a-dia, a Record tem boas idéias mas sofre com a precariedade da rede. Atores sofríveis, efeitos toscos (se bem que eu gosto da abertura dos Mutantes), roteiristas fracos...qualquer boa vontade vai pelo ralo e uma história que podia ser tão apreciada como qualquer outra made in Obama, fica digna de risos. A culpa não é da idéia nem do idealizador, mas sim da falta de recursos decentes.

Ah, vale lembrar que no início dos anos 80 a Globo fez a primeira tentavia de um ER, que se chamava Obrigado Doutor com o Chico Cuoco. Histórico!

Eu tenho uma idéia pronta para um sitcom, será que a Record compra? Faço questã do Dado Dolabella no elenco!

6 Comentários:

tutorunopar disse...

Prezada Jenny, estou passando para deixar meu primeiro comentário (dos muitos que virâo) neste seu espaço. Tinha lá minhas dúvidas quanto a sua sexualidade (leia-se homem/mulher)mas já estou ficando convencido que você realmente é uma figura feminina. Depois digo porque... Você possui uma facilidade enorme para colocar bem as palavras o que torna a leitura dos seus artigos muito agradável, excelente post, virei seu fã. Um grande abraço.

Ana Magal disse...

Estou imaginando que sitcom seria esse com o Dado... =O

Moara disse...

Muito bom o texto, eu concordo plenamente com vc e acho legal essa iniciativa da Record... Os Mutantes não deve muito pra Smallville, por exemplo.
Pra mim, o foda de novela é que passa todo dia eheheheeh Já é imopssível acompanhar seriado uma vez por semana, qto mais TODO DIA....

Eu gostei q o tutoeunopar admitiu que homem nem pra escrever serve

Cathwillows disse...

Vc consegue ser mais tele trívia do que eu!
Sabe coisas do arco da velha na tv! hahahhaha

dicacs disse...

Olá,
Gostei muito do post, a respeito dos "plagios" que as emissoras brasileiras fazem isso é um pocuo comum.Na Globo eles ja copiaram o "Lata Velha" que é quase igual ao "Pimp my ride" da Mtv e aquele "De cara no Muro" do Domingao do Faustao ja ouvi rumores de que tambem foi copiado.

Abraços

Teilor disse...

A Record parecia que ia decolar com os mutantes, mas de repente não sei o que aconteceu, parece que entregaram a história para um discípulo do Paulo Coelho, e virou uma melação de "o amor vende tudo" "o poder do amor" e "como fazer uma trama chata com um enredo entediante", acrescente a isso efeitos sofríveis e tenha algumas boas ânsias assistindo a Record.

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO